---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Gabinete > Controle Interno

Arraste widgets para dentro do bloco. excluir bloco

  • Apresentação

    De Acordo com a Lei Municipal nº 68/2011: A Controladoria tem a finalidade de avaliar a ação governamental e a gestão dos administradores públicos municipais, por intermédio de fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial, e apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional, sempre zelando pelos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência e também a legitimidade, economicidade, transparência e objetivo público, cabendo-lhe especialmente: I - avaliar o cumprimento das metas previstas no plano plurianual e a execução dos programas de governo e do orçamento do município; II - fiscalizar a legalidade dos resultados, quanto à eficácia e à eficiência da gestão orçamentária, financeira e patrimonial nos órgãos e entidades da administração municipal; III - avaliar e propor o aprimoramento do controle de operações de crédito, avais e garantias, bem como direitos e haveres do Município; IV - apoiar o controle externo no exercício de sua função institucional; V - examinar as demonstrações contábeis, orçamentárias e financeiras, inclusive as notas explicativas e relatórios de órgãos e entidades da administração direta e indireta; VI - examinar as prestações de contas dos agentes da administração direta e indireta, responsáveis por bens e valores pertencentes ou confiados à Fazenda Municipal; VII - exigir o fiel cumprimento das Leis e outros atos normativos, inclusive os oriundos do próprio governo municipal, pelos órgãos e entidades da administração direta e indireta; VIII - verificar e aprimorar o controle contábil, financeiro, orçamentário, operacional e patrimonial das entidades da administração direta e indireta, quanto à legalidade, legitimidade, economicidade, razoabilidade, aplicação das subvenções, contribuições, auxílios e renúncia de receitas, determinando os aprimoramentos necessários; IX - acompanhar a situação físico-financeira e orçamentária dos projetos e das atividades constantes nos orçamentos municipais; X - determinar, acompanhar e avaliar a execução de auditorias; XI - propor ao Prefeito o bloqueio de transferências de recursos do Tesouro Nacional e de Contas Bancárias; XII - elaborar e manter atualizado o plano de contas único; XIII - analisar a prestação de contas anual do Prefeito a ser encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado; XIV - orientar e expedir atos concernentes a ação do sistema de Controle Interno.

  • André Luís Rinaldi
    Controle Interno

    Fone: (47) 3258-0211


  • Equipe